17 de julho de 2024
Compartilhe:

A Polícia Civil investiga o uso de uma van da Secretaria Municipal de Educação de Armação de Búzios, na região dos Lagos, no Rio de Janeiro, para transportar medicamentos sem nota fiscal, que seriam usados pela pasta da Saúde.

O veículo foi apreendido pela Polícia Militar na noite de sexta-feira (5). Segundo a PM, homens do Batalhão de Cabo Frio (25° BPM) foram acionados, em apoio ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), para checar uma denúncia de crime eleitoral. No local, os PMs encontraram o carro com o material, que foram encaminhados à Delegacia de Búzios (127ª DP).

Procurada, a Prefeitura de Búzios informou que, na noite desta sexta-feira, chegou ao almoxarifado municipal uma carga de remédios que seriam usados em um mutirão de cirurgias que aconteceria no dia seguinte. No entanto, “ao constatar que a carga havia chegado sem o documento de Nota Fiscal, a equipe da Secretaria de Saúde interrompeu a entrega e solicitou a adequação da mesma”, explicou em nota.

“Quanto ao uso do carro da Educação, foi uma medida emergencial, já que a empresa não fez a entrega dos medicamentos essenciais ao mutirão de cirurgia. E para não cancelar com os pacientes, foi adotada essa medida”, afirmou no comunicado.

A Prefeitura disse, ainda, que repudia atividades irregulares e vai abrir um processo administrativo para investigar o que teria acontecido, além de estar colaborando com as autoridades policiais.

Fonte: https://www.cnnbrasil.com.br/nacional/policia-investiga-entrega-de-medicamentos-sem-nota-fiscal-em-buzios-rj/