18 de julho de 2024
Compartilhe:

As deputadas federais Benedita da Silva (PT-SP) e Carla Zambelli (PL-SP) tiveram uma dura conversa sobre o episódio em que a parlamentar bolsonarista chamou a petista de “Chica da Silva”, informa o colunista Igor Gadelha, do portal Metrópoles.

A conversa ocorreu por iniciativa de Zambelli, que procurou Benedita para alegar que costuma se confundir com nomes e se desculpar com a petista pela fala considerada de cunho racista.

Benedita aproveitou o diálogo para dar uma espécie de conselho à colega deputada, que vira e mexe se mete em confusões e é criticada até mesmo por bolsonaristas.

“Ela disse que nunca tinha falado diretamente de mim e que eu não precisava mais de inimigos. Eu concordei com ela”, relatou Zambelli à reportagem.

A bolsonarista, por sua vez, aproveitou a conversa para reclamar que seus projetos de lei “nunca” teriam sido considerados pela Secretaria da Mulher da Câmara, da qual Benedita é uma das coordenadoras.

Zambelli afirmou à colega se sentir “desprestigiada” por seus projetos não serem considerados pelo órgão. A deputada petista prometeu averiguar os projetos da bolsonarista e dar um retorno.

A conversa entre as duas não foi suficiente para demover Benedita e o PT de acionarem a Justiça e o Ministério Público Federal contra Zambelli. Procurada pela coluna, a assessoria de Benedita não respondeu.

Fonte: https://agendadopoder.com.br/apos-ser-chamada-de-chica-da-silva-benedita-da-uma-dura-em-zambelli-e-diz-que-a-deputada-bolsonarista-nao-precisa-de-mais-inimigos/