18 de julho de 2024
Compartilhe:

Aloisio Mercadante, defende a permanência de Jean Paul Pratres na Petrobras – Foto: Reprodução

 

Suposta troca foi cogitada por causa do embate entre ministro de Minas e Energia e atual presidente da estatal

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Aloízio Mercadante, revelou a fontes próximas que pretende se manter à frente do banco, e vai defender a permanência  do atual gestor da Petrobras, Jean Paul Prates, no cargo. De acordo com reportagem da Agência Broadcast, “Mercadante não teria interesse na troca, além de apoiar a permanência de Prates”.

A suposta troca na presidência da Petrobras  é cogitada no momento em que existe um embate entre o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, e o atual presidente da estatal, Jean Paul Prates. Silveira, inclusive, já reconheceu publicamente a existência do conflito, que, segundo ele, é motivado pelos “papéis diferentes” que ambos exercem. O ministro, no entanto, ressaltou que as diferenças são salutares e não pessoais.

Embora Mercadante esteja confortável em sua posição no BNDES, ele estaria aberto a considerar a oferta da presidência da Petrobras caso seja apresentada como uma missão de grande importância para o país. No BNDES, Mercadante tem liderado o debate econômico em temas como a reindustrialização do país, a descarbonização e a transição ecológica.

Fonte: Agenda do Poder