14 de julho de 2024
Compartilhe:

O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) está com um placar de 4×2 contra a cassação do mandato do senador Sergio Moro (União Brasil-PR).

A quarta sessão do julgamento ocorre nesta terça-feira (9), em Curitiba. Três desembargadores seguiram o voto do relator Luciano Carrasco Falavinha Souza e entenderam que as acusações não procedem e o cargo de Moro no Senado deve ser mantido.

Dois desembargadores votaram a favor da cassação. Após o voto favorável do desembargador Anderson Ricardo Fogaça, outro desembargador ainda precisa votar.

Veja como votaram os desembargadores:

  • Desembargador Luciano Carrasco Falavinha Souza: contra a cassação
  • Desembargador José Rodrigo Sade: a favor da cassação e pela inelegibilidade
  • Desembargadora Claudia Cristina Cristofani: contra a cassação
  • Desembargador Guilherme Frederico Hernandes Denz: contra a cassação
  • Desembargador Julio Jacob Junior: a favor da cassação e pela inelegibilidade;
  • Desembargador Anderson Ricardo Fogaça, contra a cassação.

Moro e os dois suplentes, Luis Felipe Cunha e Ricardo Augusto Guerra, respondem a duas ações por abuso de poder econômico na pré-campanha de 2022. O senador foi eleito com 1,9 milhão de votos.

Os denunciantes e a Procuradoria Regional Eleitoral podem recorrer da decisão no próprio TRE e também em instância superior, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Com informações do g1.

Fonte: https://agendadopoder.com.br/moro-obtem-voto-favoravel-a-manutencao-do-mandato-de-senador-placar-tem-maioria-de-4-x-2/