17 de julho de 2024
Compartilhe:

O autor do crime de feminicídio que vitimou a estudante de jornalismo Idelany Nascimento, de 30 anos, na madrugada desta terça-feira (9), já vinha assediando a irmã da vítima. A informação foi confirmada pela diretora da Casa da Mulher Brasileira, Wanda Moura.

O crime aconteceu no bairro Alto da Esperança, região do Anjo da Guarda, em São Luís. Jhonatan Santos de Sousa teria instalado um celular no quarto da vítima e a família tomou conhecimento e pediu para que Idelany rompesse com o relacionamento.

Não conformado com o término do relacionamento, Jhonatan tentou reatar e foi até a casa da vítima, onde cometeu o crime. A vítima foi morta a golpe de faca.

Segundo a delegada, este já é o 11º caso de feminicídio registrado em todo o Maranhão só este ano.

Fonte: https://centraldenoticiasbrasil.com/video-acusado-de-feminicidio-ja-teria-assediado-irma-de-vitima-diz-delegada/