18 de julho de 2024
Compartilhe:
Foto: Reprodução

O HGV, HILP e Natan Portela destacaram-se por alcançar a pontuação máxima de 100% na avaliação das boas práticas de segurança do paciente

Cinco hospitais da rede pública estadual de saúde foram classificados como de alta conformidade pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) na Avaliação Nacional das Práticas de Segurança do Paciente 2023. Foram destaque o Hospital Getúlio Vargas (HGV), Hospital Infantil Lucídio Portella (HILP), Hospital Dirceu Arcoverde da Polícia Militar (HPM), Instituto de Doenças Tropicais Natan Portela  e o Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA), em Parnaíba.  O relatório foi divulgado na sexta-feira, dia 5.

Participam da avaliação os 25 hospitais prioritários com leitos de UTI no estado. Essa avaliação é realizada anualmente, de forma voluntária pelos serviços de saúde, por meio do preenchimento do formulário eletrônico disponibilizado pela Anvisa e sob coordenação das vigilâncias sanitárias estaduais. No Piauí, o monitoramento é realizado pela Diretoria de Vigilância Sanitária do Piauí (DIVISA).

A partir da participação dos hospitais é possível os serviços analisarem suas práticas assistenciais, permitindo o aprimoramento dos seus conhecimentos e o planejamento das ações de melhoria em cada um dos serviços de forma contínua, independente da sua classificação final.

Dos 25 serviços prioritários que participaram da avaliação, 16 hospitais do Piauí foram classificados em alta conformidade. São classificados em alta conformidade, os hospitais que atingiram, no mínimo, 67% dos critérios determinados pela Anvisa. O HGV, HILP e Natan Portela destacaram-se por alcançar a pontuação máxima de 100% na avaliação das boas práticas de segurança do paciente.

O superintendente de Gestão da Rede de Média e Alta Complexidade da Sesapi, Dirceu Campelo, comemorou o resultado e destacou a importância da avaliação para os hospitais da rede estadual do Piauí.

“Este é um compromisso contínuo do Governo do Estado, em buscar medidas seguras e de qualidade para que possamos estar sempre levando melhorias aos serviços de saúde oferecidos à população do estado”, disse.

A superintendente de Atenção aos Municípios da Sesapi, Leila Santos, explica que, no total, 25 hospitais prioritários com leitos de UTI do Piauí alcançaram 100% de adesão. “É a 7ª vez consecutiva que o Piauí atinge este resultado com seus hospitais. A nossa Vigilância Sanitária faz um trabalho incansável durante todo o ano para que as unidades de saúde participem da avaliação”, afirmou.