18 de julho de 2024
Compartilhe:

O Banco Central do Brasil anunciou que o sistema de pagamentos instantâneos PIX alcançou um novo marco histórico nesta sexta-feira, 5, com a realização de 201,6 milhões de operações em apenas 24 horas. Esta marca ultrapassa o recorde anterior de 178,7 milhões de transações, estabelecido em 6 de março de 2024.

Apesar de um dia marcado por instabilidades nos sistemas de alguns bancos, que geraram dificuldades de acesso para clientes, o Banco Central assegurou que o PIX operou normalmente, destacando a crescente preferência por este método de pagamento, introduzido em novembro de 2020.

Desde sua implementação, o PIX tem se consolidado como a principal ferramenta de transações financeiras no Brasil, superando até mesmo os cartões de crédito em 2022, com 29% do total de operações. O sistema movimentou R$ 17,18 trilhões ao longo de 2023.

Adicionalmente, o Banco Central anunciou para 28 de outubro a introdução do PIX Automático, uma nova funcionalidade que permitirá aos usuários agendar pagamentos recorrentes para uma variedade de serviços, incluindo utilidades, educação, habitação e empréstimos.

A expectativa é que esta novidade expanda ainda mais o alcance e a conveniência do sistema de pagamentos instantâneos.

Em 2023, mais de 35 milhões de transferências de um centavo foram realizadas via PIX, evidenciando sua vasta adoção.

O Banco Central também prepara a obrigatoriedade do PIX Agendado Recorrente a partir de outubro de 2024, facilitando transações como mesadas, doações, aluguéis e pagamentos por serviços entre pessoas físicas, reforçando o compromisso do PIX em oferecer soluções inovadoras e acessíveis para o mercado financeiro brasileiro.

Fonte: https://www.ocafezinho.com/2024/04/08/pix-registra-recorde-de-operacoes-em-um-dia-revela-bc/