18 de julho de 2024
Compartilhe:

O ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, proferiu afirmou nesta segunda-feira (8), que Elon Musk, proprietário do X, atacou a soberania do Brasil. Durante o workshop “Inteligência Artificial: Convergências e Divergências Sobre Como Regular”, realizado na faculdade IDP, em Brasília, Padilha ressaltou a necessidade premente de uma resposta das instituições brasileiras frente a essa investida, conforme reportagem da CNN.

“Nós sabemos o que está em jogo nesse ataque. Eu acho que nós temos o dever, a sociedade brasileira, as instituições brasileiras, os três Poderes, o Executivo, o Congresso Nacional e o Judiciário, de dar uma resposta política e institucional a esse ataque”, afirmou o ministro.

Padilha enfatizou a importância de salvaguardar a soberania nacional em face das alegações de Musk, sem mencionar diretamente o nome do empresário, referindo-se a ele como “este indivíduo”. Elon Musk tem utilizado seu perfil no X nos últimos dias para proferir acusações contra o ministro Alexandre de Moraes, que o incluiu no inquérito das Milícias Digitais no Supremo Tribunal Federal (STF). As declarações polêmicas do empresário levaram Moraes a ordenar a abertura de uma investigação contra ele.

O ministro não detalhou qual seria a resposta institucional aos ataques, mas defendeu o apoio aos poderes constituídos e às investigações da Suprema Corte.

Padilha também expressou solidariedade ao STF pelos “episódios dos últimos dias”, destacando que o ataque não se trata apenas de uma questão individual, mas sim de um atentado à Suprema Corte e à soberania nacional.

Com informações de Brasil 247

Fonte: https://agendadopoder.com.br/padilha-diz-que-musk-atenta-contra-soberania-nacional-e-defende-acao-dos-tres-poderes/