17 de julho de 2024
Compartilhe:

Após 227 dias do primeiro jogo oficial na Arena MRV, quando venceu o Santos por 2 a 0, o Atlético-MG finalmente fará um duelo internacional no estádio. Nesta quarta-feira (10), o time comandado pelo técnico Gabriel Milito encara o Rosario Central, da Argentina, pela segunda rodada do Grupo G da Copa Libertadores.

Na estreia no torneio mais importante da América do Sul, o Galo goleou o Caracas por 4 a 1, na Venezuela. Os gols foram marcados por Bruno Fuchs, Guilherme Arana e por Paulinho, duas vezes. Com o resultado, os brasileiros chegaram ao topo da tabela, superando o adversário deste meio de semana no saldo.

No Gigante Arroyito, em Rosário, Los Canallas derrotaram o Peñarol por 1 a 0. O duelo com os uruguaios foi marcado por violência dentro e fora das quatro linhas. Antes de a bola rolar, confusão entre torcedores; depois, já com a partida em andamento, uma cena assustadora envolvendo o lateral Oliveira.

O jogador da equipe visitante foi alvo de um torcedor do Central, que atirou uma pedra no rosto do uruguaio. Ensanguentado, ele ficou bastante revoltado com a situações, mas foi retirado de campo pelos companheiros de time e, posteriormente, encaminhado ao hospital.

Dúvidas para Milito

Durante a atividade desta terça-feira (9), Milito pôde contar com a presença do lateral/meia Rubens. O jogador, que tem fratura na mão, participou normalmente da atividade, usando uma proteção.

Conforme apurou a Itatiaia, o camisa 44 precisará passar por teste antes da partida, para poder ser relacionado. O regulamento da competição não permite o uso da “peça”. Rubens ficou fora dos dois jogos da final do Mineiro, com o Cruzeiro, e da estreia na Libertadores, contra o Caracas.

Outro que participou da atividade foi o volante Edenilson. Apesar de figurar em campo, ele fez trabalho à parte, também com proteção no braço. O jogador teve ruptura de ligamentos no cotovelo e está descartado para o jogo desta quarta.

Rosario com baixas para o confronto

Derrotado pelo River Plate por 2 a 1, na última rodada do Campeonato Argentino, o Central não chega a Belo Horizonte com força máxima. Na capital desde a noite dessa segunda-feira (8), Los Canallas têm quatro desfalques para o confronto na Arena MRV.

Para encarar o Galo, o técnico Miguel Ángel Russo não poderá contar com o lateral-direito Damián Martínez, com traumatismo no olho esquerdo, com o zagueiro Agustín Bravo, que teve ruptura de ligamentos do joelho direito, e com os atacantes Maximiliano Lovera, por lesão na posterior da coxa esquerda, e Abel Hernández (ex-Fluminense e Internacional), por ruptura do tendão da coxa esquerda.

Atlético-MG na Arena MRV

Embalado pela conquista do Campeonato Mineiro, após ter derrotado o Cruzeiro por 3 a 1, em pleno Mineirão, o Galo volta a atuar em casa nesta quarta. No estádio, foram 15 jogos disputados até o momento. Veja o retrospecto:

  • 15 jogos
  • 10 vitórias
  • 2 empates
  • 3 derrotas

Atlético-MG x Rosario Central-ARG

Atlético-MG: Everson; Saravia, Bruno Fuchs, Jemerson, Arana; Rodrigo Battaglia, Alan Franco, Zaracho, Igor Gomes, Matías Zaracho, (Gustavo Scarpa ou Alisson); Paulinho e Hulk. Técnico: Gabriel Milito

Rosario Central: Jorge Broun; Emanuel Coronel, Facundo Mallo, Carlos Quintana e Agustín Sández; Kevin Ortíz, Jonatan Gómez, Tomás O’Connor, Ignacio Malcorra e Jaminton Campaz; Tobías Cervera (Luca Dupuy). Técnico: Miguel Ángel Russo.

  • Motivo: 2ª rodada do Grupo G da Copa Libertadores
  • Data: 10 de abril de 2024
  • Local: Arena MRV, em Belo Horizonte
  • Horário: 19h (de Brasília)
  • Árbitro: Kevin Ortega-PER
  • VAR: Augusto Menendez-PER
  • Transmissão: ESPN e Star+
  • A Itatiaia também transmite o duelo pelos canais de Youtube (@itatiaiaesporte e @itatiaiaoficial)

Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas

Fonte: https://www.cnnbrasil.com.br/esportes/futebol/atletico-mg-encara-rosario-pela-libertadores-no-1o-jogo-internacional-da-arena-mrv/