18 de julho de 2024
Compartilhe:

Na última segunda-feira, o meia Robson Matheus, do Always Ready, da Bolívia, revelou ter recebido uma proposta para que levasse cartão amarelo proposital no jogo contra o Defensa y Justicia, nesta quarta-feira (10), pela Copa Sul-Americana.

Segundo o atleta, que tem 21 anos de idade, ele recebeu uma ligação de um número do Paraguai e garantiu que recusou a oferta.

“Primeiro, ofereceram 5 mil dólares (R$ 25 mil) para eu levar amarelo contra o Defensa y Justicia. Eu disse que não, que não é do meu caráter isso, que não gosto disso, estou começando no futebol. Quando eu disse que não, ofereceram 10 mil dólares (R$ 50 mil). Disse que não, que jogo futebol porque amo, não por dinheiro”, contou o jogador.

“Eu disse que podem oferecer muito dinheiro que nunca vou aceitar isso. Não é meu caráter, não é minha pessoa. Era um número de telefone paraguaio, mas não aceitei. Isso me deixou mal. Vim ao treino e contei à direção o que aconteceu, agora eles estão me apoiando”, completou.

O Always Ready chegou a disputar as fases preliminares da Copa Libertadores deste ano, mas foi eliminado nos pênaltis para o Nacional, do Uruguai. Agora, a equipe boliviana está no grupo A da Copa Sul-Americana e encara o Defensa y Justicia, da Argentina, nesta quarta (10), às 19h.


Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas

Fonte: https://www.cnnbrasil.com.br/esportes/futebol/futebol-internacional/libertadores-da-america/jogador-de-time-da-libertadores-revela-oferta-para-levar-cartao-amarelo/