14 de julho de 2024
Compartilhe:

Os jovens Lucas Antônio Djubanski e Gabriel Pereira dos Santos, de 21 e 23 anos de idade, respectivamente, morreram soterrados em um silo de grãos de soja de 8 metros de profundidade nas dependências da empresa Big Safra, em Monte Castelo (SC), na última segunda-feira (8). Ambos eram funcionários do estabelecimento.

Segundo informou nesta terça-feira (9) o Corpo de Bombeiros de Santa Catarina, que atendeu à ocorrência, Lucas subiu ao topo do silo para tentar desobstruir os grãos armazenados e caiu no interior do compartimento. Na sequência, Gabriel subiu para tentar salvar o colega, mas também caiu em meio aos grãos, e ambos acabaram soterrados.

Silos são grandes instalações tubulares comumente feitas de metal, em que são depositadas e armazenadas quantidades industriais de grãos.

Ao chegar ao local do ocorrido, os bombeiros se depararam com as vítimas soterradas na parte superior do silo. Uma delas estava com o corpo completamente submerso nos grãos, enquanto a segunda deixou apenas um dos membros superiores para fora da soja.

Tendo em vista a obstrução da saída de escoamento principal do silo, os bombeiros precisaram retirar os corpos das vítimas pela parte inferior da estrutura metálica. Para isso, foi feito um corte nessa região do compartimento, onde foi posicionada uma carreta para que fossem depositados os corpos já sem vida, depois descidos ao solo com o emprego de uma maca “envelope”.

Após, a Polícia Civil foi acionada e os corpos ficaram aos cuidados da Polícia Militar, que esteve no local. A identidade das vítimas foi confirmada pela Polícia Científica de Santa Catarina.

A CNN tentou contato com o Ministério Público do Trabalho (MPT) do estado e com a empresa Big Safra para obter o posicionamento de ambos sobre o ocorrido. Contudo, até a finalização da reportagem, não obteve retorno.

*Sob supervisão de André Rigue

Fonte: https://www.cnnbrasil.com.br/nacional/jovem-tenta-salvar-colega-soterrado-por-soja-e-ambos-morrem-em-sc/