17 de julho de 2024
Compartilhe:

A clonagem do WhatsApp garante que você tenha uma réplica exata do seu WhatsApp existente em um novo dispositivo sem perder nenhum dado. Isso vai além da funcionalidade nativa de “backup”, que armazena seus dados apenas temporariamente e pode ser limitada em termos de acessibilidade e escopo. A clonagem, por outro lado, duplica seu WhatsApp em tempo real, exatamente como o original. 

Quando não se trata apenas de ter um “arquivo” do WhatsApp, mas de manter a funcionalidade contínua em dois celulares, mesmo depois de parar de usar o primeiro, a clonagem é o caminho a seguir. Neste guia, apresentaremos os métodos de clonagem do WhatsApp para um novo telefone, responderemos à pergunta se é possível encontrar um app para clonar WhatsApp de outra pessoa grátis e forneceremos informações úteis sobre isso.

Métodos de clonagem do WhatsApp

Clonagem do WhatsApp com o Eyezy

Quando se trata de meios mais sofisticados de clonagem do WhatsApp, o Eyezy se apresenta como uma solução robusta. Esse método garante a transferência perfeita de todos os seus dados do WhatsApp, incluindo bate-papos, mídia e até mesmo o histórico de chamadas, do seu dispositivo antigo para o novo. Veja a seguir como clonar o WhatsApp usando o Eyezy:

  1. Baixe e instale o Eyezy: A primeira etapa envolve visitar o site oficial do Eyezy e assinar o serviço. Uma vez inscrito, baixe e instale o aplicativo Eyezy no seu smartphone antigo e no novo.
  2. Configure o Eyezy em ambos os dispositivos: Siga as instruções fornecidas pelo Eyezy para configurar o aplicativo em ambos os telefones. Isso pode envolver a concessão de certas permissões que permitem ao Eyezy acessar e transferir seus dados do WhatsApp.
  3. Inicie o processo de clonagem do WhatsApp: No aplicativo Eyezy, selecione o recurso “WhatsApp Cloning”. Em seu dispositivo antigo, escolha a opção “Enviar dados” e, no novo dispositivo, selecione “Receber dados”. Certifique-se de que os dois dispositivos estejam conectados à mesma rede Wi-Fi para facilitar a transferência.
  4. Verificar e concluir a transferência: Talvez seja necessário verificar sua conta do WhatsApp no novo dispositivo, se solicitado. Em seguida, o Eyezy clonará seus dados do WhatsApp para o novo telefone. Esse processo pode levar algum tempo, dependendo do tamanho dos dados que estão sendo transferidos.
  5. Confirmação da clonagem bem-sucedida: Quando o processo for concluído, o Eyezy enviará uma mensagem de confirmação. Você pode então abrir o WhatsApp no novo dispositivo para verificar se todos os seus bate-papos, mídias e registros de chamadas foram clonados com sucesso e estão totalmente acessíveis.

O uso do Eyezy para clonagem do WhatsApp é particularmente vantajoso para quem está procurando uma maneira descomplicada de transferir seus dados entre diferentes plataformas ou fabricantes de telefones, garantindo que nenhuma parte de suas conversas digitais seja perdida na transição.

Clonando o WhatsApp com o mSpy

Outra solução avançada para clonar o WhatsApp e garantir uma transição tranquila para seu novo celular é o mSpy. Essa ferramenta foi projetada para oferecer aos usuários uma maneira abrangente de monitorar e transferir dados, incluindo suas mensagens do WhatsApp, entre dispositivos. 

É uma ótima alternativa para pessoas que alternam entre diferentes sistemas operacionais ou que precisam de uma camada adicional de monitoramento e backup para suas comunicações digitais. Uma grande vantagem desses aplicativos é sua capacidade de oferecer transferências entre plataformas, combinando Android e iOS. Isso é algo que o recurso oficial de backup do WhatsApp não suporta. 

Usando o recurso oficial de backup do WhatsApp

A maneira padrão de transferir dados do WhatsApp envolve duas etapas principais. 

  1. Primeiro, você cria um backup do seu bate-papo no telefone antigo acessando “Settings” (Configurações), “Chats” (Bate-papos), “Chat backup” (Backup de bate-papo) e clicando em “Back up now” (no Android). No iOS, você pode fazer o backup em “Configurações”, “Chats” e “Backup”.
  2. Instale o WhatsApp em seu novo celular e, durante a configuração, ele deverá solicitar que você “Restaure” o backup que acabou de criar.

Embora esse método seja fácil de usar e relativamente seguro, ele tem limitações em termos de backup consistente em tempo real e pode nem sempre transferir todos os dados instantaneamente se o último backup tiver sido feito há algum tempo.

Solução de problemas e problemas comuns

Desde atrasos no processo de backup até a abertura do aplicativo restaurado e a perda de conversas, podem ocorrer vários problemas durante o processo de clonagem. Aqui estão alguns problemas comuns e suas soluções.

Identificação de possíveis problemas durante o processo de clonagem

Os problemas prováveis incluem velocidades lentas de backup, que podem ser devidas à conectividade ruim com a Internet ou a tamanhos grandes de backup. Além disso, a “restauração” de bate-papos nem sempre significa uma experiência tranquila, às vezes resultando em dados que não foram transferidos adequadamente ou não foram transferidos.

Soluções para problemas comuns

Para resolver o problema das velocidades lentas, é fundamental garantir uma conexão estável e rápida com a Internet. O uso de Wi-Fi normalmente produziria melhores resultados do que o uso de dados móveis. No caso de transferências incompletas, é melhor tentar restaurar em outro horário, de preferência fora do horário de pico, para minimizar as interrupções no servidor. Se os problemas persistirem, é recomendável entrar em contato com o suporte ao cliente do WhatsApp ou com o suporte do aplicativo de terceiros escolhido.

Conclusão

Saber como clonar o WhatsApp pode transformar uma atualização de telefone potencialmente assustadora em uma experiência tranquila e segura. No mundo da tecnologia, a mudança é a única constante, e conhecer os prós e contras dessas habilidades digitais lhe dá confiança para se adaptar sem esforço. 

A tecnologia é um campo dinâmico, com atualizações e desenvolvimentos constantes. É sempre bom manter-se informado, e compartilhar suas experiências com outras pessoas da comunidade de tecnologia pode aprimorar o aprendizado para todos.

Fonte: https://oimparcial.com.br/noticias/2024/04/como-clonar-o-whatsapp-em-um-novo-celular/