18 de julho de 2024
Compartilhe:

Um tribunal russo alega rejeitado um recurso do Google contra uma multa de US$ 49,4 milhões de dólares, imposta contra a empresa por não excluir o que a Rússia considera serem informações falsas sobre a guerra na Ucrânia. As informações são da Reuters.

Leia mais:

  • Estudo: políticos espalham menos fake news do que se imagina, mas…
  • Como evitar fake news? Veja 8 dicas para não cair em notícias falsas
  • Como verificar informações e imagens falsas no Google

O Google comentou imediatamente após a decisão ter sido anunciada. A Rússia tem estado em desacordo com empresas de tecnologia estrangeiras sobre conteúdo, censura, dados e representação local numa disputa latente que se intensificou depois que a guerra contra a Ucrânia iniciou, em fevereiro de 2022.

“O Tribunal da Cidade de Moscou deixou a decisão do Tribunal Distrital de Tagansky inalterada, e o recurso do requerente sem satisfação”, disse o serviço de imprensa dos tribunais de Moscou em comunicado pelo Telegram nesta quarta-feira (10).

Imagem: nitpicker / Shutterstock.com

Rússia tem sido rígida contra empresas de tecnologia americanas

  • O Google tem sido um dos maiores alvos da ira do Estado russo.
  • No entanto, ao contrário do Twitter e das plataformas da Meta, como o Facebook e o Instagram, não foi bloqueado no país, pelo menos até agora.
  • Agências de notícias russas informaram ainda que a multa também foi imposta devido ao Google não ter removido conteúdo extremista e na distribuição do que a Rússia chama de propaganda LGBT.

A multa, anunciada no final de dezembro, foi calculada como uma parcela do faturamento anual do Google na Rússia. A empresa recebeu penalidades semelhantes com base no volume de negócios de 7,2 bilhões de rublos no final de 2021 e 21,1 bilhões de rublos em agosto de 2022. Em ambos os casos, os seus recursos foram rejeitados. Cada dólar equivale a 93 rublos.

bandeira da rússia
Imagem: Slasha/Shutterstock

O post Google segue condenado na Rússia e deve pagar multa milionária apareceu primeiro em Olhar Digital.

Fonte: https://olhardigital.com.br/2024/04/10/pro/google-segue-condenado-na-russia-e-deve-pagar-multa-milionaria/